Leitura no transporte ou transporte para leitura?

Desde pequeno usufruo do “ótimo” transporte público de São Paulo, e posso falar que já vi de tudo dentro de um ônibus. Apesar da superlotação nos ônibus, os passageiros começaram um hábito essencial para passar o tempo no trânsito, juntando o útil ao desagradável. A LEITURA NO TRANSPORTE PÚBLICO. Senhores engravatados lêem seu jornal diário, geralmente o caderno de economia ou dinheiro. Mulheres lêem sua revista de fofoca ou culinária. Jovens lêem os livros da série Harry Potter ou Twilight (Crepúsculo). Já vi até uma adolescente estudando para o vestibular, com sua apostila do cursinho, missão quase impossível para se fazer num ônibus ou metrô que está sempre lotado.

O mais engraçado que eu vi foi um adolescente “lendo” a revista Playboy sentado no banco dos bobos (aquele assento mais elevado do ônibus). Com a revista dentro de um caderno, ele só se preocupou com a pessoa que estava ao seu lado, virando a revista em direção à janela, de forma com que a pessoa ao lado não notasse o que ele estava “lendo”, e se esqueceu que tinha gente em pé, ao lado e atrás dele… A maioria dos passageiros estava rindo e o adolescente estava tão entretido com a revista que nem notou que estavam rindo dele.

Noutro dia, estava eu num ônibus superlotado, sentado num dos últimos assentos. Perto de mim estava uma mulher, muito acima do peso (nada contra!), em pé de frente à porta traseira, lendo uma revista (acredito que seja aquelas revistas: perca peso com a sopa de vento ou, noventa e oito dicas para fechar a boca)… Ela nem notou que estava atrapalhando as pessoas no desembarque. Até que uma mulher um pouco feia (nada contra também!) foi descer e esbarrou na revista dela, jogando-a contra o chão… No mesmo instante, a mulher muito acima do peso resmungou para a outra um pouco feia:

– Nossa, precisa jogar minha revista no chão!??
E a mulher um pouco feia respondeu:
– Também neh? Com uma baleia na frente da porta, como acha que vou descer!?
E a mulher acima do peso retrucou:
– Eu sou gorda mas posso emagrecer, e você que é feia?!

Depois, a mulher um pouco feia desceu do ônibus e foi embora, e a mulher muito acima do peso pegou sua revista e continuou a ler no mesmo lugar, como se nada tivesse acontecido. Estas são algumas histórias que eu pude presenciar num ônibus, mas com certeza deve existir muitas outras histórias engraçadas que acontece por aí… Até mais!!!

Anúncios

Uma resposta to “Leitura no transporte ou transporte para leitura?”

  1. Vi Says:

    E aqueles que teimam em arrastar uma mochila nas costas (será que não sabem que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço?), eles vão arrastando tudo, se a gente não toma cuidado, somos praticamente carregados….me poupe. Fora as pêbas, que aí ngm merece…sem comentários. Em qualquer lugar, seja num ônibus lotado ou não, cabe sempre o bom senso! Por mais apertadinho que ele fique 😉
    Tchuuuuuuu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: